Aumenta a procura por consórcio para festa e estética

Por 1consórcio
Publicado em: 05/04/2011

Lançado há pouco mais de dois anos, por ocasião da entrada em vigor da Lei 11.795/08, o consórcio de Serviços vem mostrando que o brasileiro tem utilizado o mecanismo com vários objetivos. “A versatilidade desse consórcio facilita sua aplicação nos mais diversos segmentos, desde áreas como a saúde, passando pelos setores de educação e turismo, até a realização de festas e eventos como casamentos e formaturas. A criatividade possibilita a viabilização de serviços de forma mais econômica e com prazos mais longos para pagamento”, explica Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da  Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac).

Em levantamento realizado pela assessoria econômica da Abac entre os consorciados já contemplados, no início deste mês (março/2011), o consórcio de Serviços apontou maior presença em Festas e Eventos (29%), seguida de Saúde e Estética (16%), Turismo (9%) e Educação (5%). Os demais 41% ficaram distribuídos por inúmeras finalidades. O novo perfil de uso registrou um crescimento no interesse por Festas e Eventos, que, em consulta anterior, feita junto às administradoras (outubro/2010), era de 10% e subiu para 29%. Na área de Saúde e Estética, segunda maior procura, houve uma retração de 30% para 16%.

“Os porcentuais confirmam a grande potencialidade do consórcio de Serviços, principalmente quando lembramos que Serviços, um dos elos da cadeia econômica, participaram com 67,4% do PIB do país em 2010, segundo o IPEA”, continua Rossi. No levantamento feito com vinte e duas administradoras, observou-se que entre as novas cotas comercializadas, o prazo médio foi de 38 meses e faixas de crédito variando entre R$ 1.250,00 e R$ 38.000,00, predominando a procura entre R$ 5.000,00 e R$ 10.000,00.

Outro aspecto destacado no levantamento foi o aumento de adesões por pessoas jurídicas. “As aquisições de novas cotas, feitas por empresas, chamaram a atenção, visto que ultrapassaram 130% de crescimento nos últimos seis meses. Trata-se de uma certeza de seu múltiplo uso, com custo baixo, que tanto é bom para pessoas físicas como é para as empresas”, conclui o presidente da ABAC. No caso, uma organização que pensa em novas instalações, poderia contratar, por exemplo, desde o projeto arquitetônico até o evento de inauguração, utilizando cotas do consorcio de serviços.

DADOS DOS CONSÓRCIOS DE SERVIÇOS

Pesquisa Anterior
(Data base: out/2010)

Pesquisa Atual
(Data base: mar/2011)
 
Total de Administradoras:
20
22
 
Prazo médio:
36 Meses
38 Meses
 
Faixas de Crédito:
R$1.250,00 a R$ 38.000,00
R$ 1.250,00 a R$ 38.000,00

Índice mais utilizado:
IGPM
IGPM

Data Base: Março de 2011

 

OUTROS DADOS LEVANTADOS PELA ASSESSORIA ECONÔMICA

- PARTICIPANTES  (CONSORCIADOS)

  - 7.000 (EM JANEIRO/2011)

  - 3.482 (EM JANEIRO/2010)

   CRESCIMENTO: 101%

- VENDAS DE NOVAS COTAS  (NOVOS CONSORCIADOS)

   - 900 (JANEIRO/2011)

   - 340 (JANEIRO/2010)

   CRESCIMENTO: 164,7%

- CONTEMPLAÇÕES  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE ADQUIRIR SERVIÇOS)

   - 150 (JANEIRO/2011)

   -   68 (JANEIRO/2010)

   CRESCIMENTO: 120,6%

- TICKET MÉDIO (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)

   - R$ 7,3 MIL (JANEIRO/2011)

   - R$ 7,3 MIL (JANEIRO/2010)

   ESTÁVEL

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto