Caixa Econômica vai pagar correção do FGTS anterior a 1971

Consorcio de Imoveis: Caixa Econômica vai pagar correção do FGTS anterior a 1971.

Por 1consórcio
Publicado em: 20/04/2010

Os reembolsos que serão feitos pela Caixa Econômica Federal variam de R$ 380,00 para os casos de até 10 anos de vínculo com o FGTS, a R$ 17,8 mil, para casos com mais de 40 anos.

Uma circular editada pela Caixa Econômica Federal define os procedimentos a serem seguidos pelos trabalhadores cotistas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) que quiserem se habilitar a receber os juros devidos sobre os saldos anteriores a 1971.

A circular, que está na edição do Diário Oficial da União de 02/02/2010, interessa a 60 mil cotistas com ações na Justiça e milhares de outros que não recorreram aos tribunais.

A Caixa Econômica Federal resolveu propor um acordo aos cotistas para evitar prolongar a disputa na Justiça. A circular contém os procedimentos que deverão ser seguidos pelos interessados no reembolso, como formulário de habilitação, documentação a ser apresentada e prazos.

A origem da dívida com os cotistas remonta a 1967, quando o FGTS foi criado, e a capitalização de seus juros era progressiva, variando de 3% a 6% ao ano. A variação progressiva foi interrompida em 1971, quando os depósitos do FGTS passaram a ter reajuste de 3% ao ano mais taxa referencial (TR) calculada com base na média de correção dos CDBs.

Os reembolsos que serão feitos pela Caixa variam de R$ 380,00 (para os casos de até 10 anos de vínculo com o FGTS) a R$ 17,8 mil (mais de 40 anos), beneficiando quem tem conta vinculada do FGTS e manteve vínculo empregatício regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) até setembro de 1971.

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto