Carro Novo: Dicas de como organizar o orçamento para comprar um carro

Carro Novo: Dicas de como organizar o orçamento para comprar um carro

Por 1consórcio
Publicado em: 04/08/2010

Pode ser difícil resistir a tantos apelos para a compra do carro novo, como taxas de juros baixas, prazo de pagamento em até 80 meses e facilidade na aprovação de crédito.

Mas se todos os gastos que envolvem um carro não forem colocados no papel antes de fechar o negócio, a compra do veículo pode se tornar um grande rombo no orçamento doméstico.

Para evitar que os consumidores se iludam com planos de financiamento tão atrativos, especialistas ouvidos pelo G1 dão dicas de como calcular o peso real de um carro novo no bolso.

De acordo com o vice-presidente da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças e Contabilidade), Miguel José Ribeiro de Oliveira, o ideal é disponibilizar para gastos gerais 90% do que se ganha e guardar 10%. "A reserva serve para resolver tudo o que é imprevisto, como comprar remédios e consertar o carro. É uma reserva de emergência mesmo”, orienta.

Já a parte destinada aos gastos, deve ser dividida em quatro: 25% para a moradia (aluguel, contas de água e luz, condomínio, IPTU etc.), 25% para despesas de alimentação, 25% para o lazer (contas de celular, internet, TV a cabo, cinema etc.) e 25% para as prestações — seja de carro, roupa, apartamento, aparelho de televisão etc.

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto