Carro Novo: Grand Cherokee topa qualquer desafio

Carro Novo: Grand Cherokee topa qualquer desafio

Por 1consórcio
Publicado em: 24/01/2011

A quarta geração do Jeep Grand Cherokee, que fez a sua estreia em outubro passado no Salão do Au­­tomóvel, começou a ser vendida oficialmente no Brasil. A Chrysler, proprietária da marca Jeep, pretende emplacar 700 unidades por ano, número três vezes maior que o obtido pela versão anterior.

Com um visual bem mais mo­­derno, o jipão norte-americano é oferecido em duas opções de acabamento: Laredo (R$ 157.900) e Limited (R$ 179.900). As duas têm câmbio automático de cinco velocidades e o novo motor Pen­­tastar V6 3.6 de 286 cv, a gasolina. O interior do veículo também está totalmente renovado e bem mais luxuoso. Os novo materiais utilizados no acabamento são de uma qualidade bem superior aos antigos revestimentos, há detalhes em madeira e alumínio escovado.

Em ambas as versões o carro oferece de série ar-condicionado digital com dual zone, bancos dian­­teiros com oito ajustes elétricos, bancos traseiros reclináveis, bancos com aquecimento, computador de bordo programável, iluminação interna especial com luzes LED, piloto automático e sofisticado sistema de som e entretenimento, entre ou­­tros.

Outro ponto forte do modelo é a segurança. Ao todo o carro traz mais de 45 itens que protegem a vida dos seus ocupantes, como freios com ABS, ESP (controle de es­­tabilidade), sistema anti-rola­gem da carroceria (ERM), auxílio de tração nas quatro rodas (BTCS), além de air bags frontais para o motorista e passageiro, air bags tipo cortina para os ocupantes traseiros, air bags de joelho e air bags laterais nos encostos dos bancos.

Apesar do seu tamanho e de pesar quase duas toneladas, o Grand Cherokee consegue ser bastante ágil, graças ao novo motor Pen­tastar V6 3.6. Esse propulsor substitui o V8 4.7 que, mesmo sendo 17 cv mais potente, não deixa saudades. Com economia de combustível considerável, os nú­­meros de desempenho são semelhantes aos obtidos com o motor maior. A velocidade máxima agora é de 206 km/h, ante 210 km/h do V8. Já o consumo baixou de 7,2 km/l para 8,8 km/l. Entre o fim deste ano e o início de 2012 chega a versão a diesel, com 288 cv.

Durante a avaliação, o jipão se mostrou mais confortável e dócil do que o anterior. Suas suspensões agora são independentes nas quatro rodas (antes o conjunto traseiro tinha eixo rígido), o que diminuiu o pula-pula na cabine em pisos ir­­re­­gulares. O sistema de tração é ou­­tro destaque. Localizado en­­tre os bancos, ele permite que o motorista escolha através de um seletor a melhor tração que se enquadra às condições off-road ou urbanas. Trechos com la­­ma e riachos foram superados fa­­cilmente pela Grand Cherokee no test drive.

A ergonomia e o espaço interno agradam a todos os ocupantes. O mo­­torista, no entanto, terá dificuldades inicialmente para manusear os comandos de luzes de seta, lim­­pador e lavador do para-brisa que ficam concentrados numa haste.

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto