Compare: Consórcio, financiamento bancário ou financiamento com a construtora?

Conehça as diferenças entre consórcio, financiamento bancário e financiamento com a construtora

Por 1consórcio
Publicado em: 08/08/2011 | Atualizado em: 17/12/2015

As duas modalidades de compra de imóveis mais conhecidas são o consórcio e o financiamento. Existem dois tipos de financiamento: o bancário e o feito junto à construtora para comprar um imóvel na planta.

Na hora de comprar um imóvel, é difícil decidir entre fazer um financiamento e aderir a um consórcio. Fizemos um comparativo para te ajudar a decidir.

Veja as diferenças:

FGTS E JUROS 

Entre os benefícios do consórcio de imóveis estão a possibilidade de usar o dinheiro do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para dar lances, e a não incidência de juros sobre o valor total. Nos financiamentos (as duas modalidades) também é possível usar o FGTS, porém, os juros têm taxas médias de 12% ao ano, aumentando significativamente o valor total do bem.

PRAZOS

O prazo para a liberação do crédito em um consórcio é de, no máximo 180 meses. Um imóvel com parcelas semelhantes pode ter prazos de até 30 anos, nos financiamentos. Isso porque, para ter um valor de parcela acessível, é necessário esticar o prazo, aumentando também a incidência de juros.

No financiamento junto à construtora, há, ainda, o risco de a construtora quebrar antes de entregar a obra, ou de você receber um imóvel diferente daquele que foi exposto na hora da compra.

LANCES E ENTRADA 

No sistema de consórcio de imóveis é possível retirar a carta de crédito antes do planejado quando sorteado ou contemplado por lances. As administradoras permitem até que o consorciado dê lances usando parte de sua carta de crédito, e não é preciso ter dinheiro guardado para poder entrar em um consórcio.

Veja como dar lances em um consórcio.

Nos financiamentos você pode não dar entrada, mas isso faz com que suas parcelas sejam muito mais altas, o que pode atrapalhar no planejamento da renda familiar. O normal é que se peça pelo menos 10% do valor do imóvel de entrada.

BUROCRACIA 

A papelada necessária para financiar um imóvel pode ser muitas vezes, a causa da desistência do investimento.

É necessário comprovação de renda e apresentação de uma lista de documentos que pode chegar a mais de 20 itens. Os mais complicados são os ligados ao imóvel a ser adquirido.

Os financiamentos com a construtora têm menos burocracia para adesão, no entanto, ainda possuem exigências como avalistas ou renda e tempo mínimo de serviço.  No consórcio de imóvel não é necessário comprovação de renda, apenas a apresentação de RG, CPF e comprovante de endereço.

Faça uma simulação pelo consórcio e veja quanto custa comprar o imóvel dos seus sonhos!

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto