Consórcio de Automóveis: Como comprar o 1º carro?

Consórcio de Automóveis: Como comprar o 1º carro?

Por 1consórcio
Publicado em: 19/07/2010

Especialista explica sobre as diversas formas de crédito para comprar um carro, que pode ser por financiamento, consórcio de automóveis ou leasing. Também aponta os principais requisitos, necessários para adquirir o primeiro carro com segurança e não ter prejuízos.

Leia a matéria na íntegra:

Para as mulheres, especificamente, comprar um carro traz o sentimento de independência e vitória. Ainda mais tratando-se do primeiro carro. O que não significa que seja fácil. Por isso, é necessário seguir algumas orientações para que o negócio seja bom e o prazer não se transforme em prejuízo.

Se você conseguiu juntar dinheiro para comprar um veículo, antes mesmo de escolher o modelo já comece a pesquisar. Visite concessionárias, abra o jornal, pesquise pela internet e confira não somente os preços, mas as versões dos carros disponíveis e os equipamentos feitos para o veículo.

Primeira dúvida: novo ou usado? Depende. Segundo Joel Leite, diretor da agência Auto Informe, é preciso analisar, pois ambos possuem vantagens e desvantagens. "Às vezes, carros com um ou dois anos de uso oferecem vantagem financeira, pois é nos dois primeiros anos que sofrem maior depreciação".

Se alguns modelos despertaram mais o seu interesse, compare os preços, o design e avalie se o carro atende as suas necessidades.

Importantíssimo: leve em conta os gastos que o carro terá ao logo de sua vida útil em termos de rodagem e manutenção. De acordo com Joel Leite, um carro pequeno chega a despender até R$ 10 mil por ano (cerca de R$830,00 por mês). "Este valor inclui as despesas com combustível, seguro, serviços, peças, mão-de-obra e impostos (como o IPVA). Por isso, para não arrumar dores de cabeça futuras, é preciso saber que a compra do carro implica em despesas posteriores. Planejamento é imprescindível".

Escolhido o modelo, é hora de optar pela forma de pagamento que mais se encaixa no seu
bolso.

Veja alguns exemplos:

Consórcio de Automóveis - muito escolhido devido à isenção de juros. Porém o consorciado terá que esperar ser sorteado ou dar o lance para retirar a carta de crédito. Mas tem a possibilidade de comprar tanto um carro novo como um usado.

Crédito Direto ao Consumidor - indicado para prazos de dois anos. O carro fica em nome do proprietário, mas é colocado como garantia de dívida.

Leasing - a concessionária cede ao cliente o uso do carro por um prazo determinado, recebendo uma contraprestação. Ao final do contrato, a pessoa decide se devolve ou compra o veículo pelo valor contratado.

Para quem tiver condições, diz Joel Leite, pagar à vista é a melhor opção na compra do primeiro carro. "A primeira vez é a mais difícil, pois o comprador desembolsa todo o valor do veículo, mas os juros de um financiamento não compensam".

E, claro, não se esqueça: se o carro for usado, consulte o DETRAN e cheque se o veículo não é roubado (é o que faltava!), além de conferir se há multas e bloqueios.

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto