Consórcio de imóveis já movimentou R$ 11,6 bilhões em 2010

Consórcio de imóveis já movimentou R$ 11,6 bilhões em 2010

Por 1consórcio
Publicado em: 20/09/2010

Entre janeiro e julho deste ano, perto de 40 mil cotistas de consórcios de imóveis foram contemplados com cartas de crédito, conforme informações preliminares da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac) à imprensa. O movimento significa negócios no montante de R$ 11,6 bilhões. No mesmo período, foram comercializadas 130 mil novas cotas, recorde histórico, de acordo com a associação.

No mês de julho a Abac contabilizou 565 mil cotistas imobiliários, crescimento de 8,6% em relação ao igual mês de 2009, para quando a equivalência aponta 520,6 mil consorciados. Em entrevista à Agência Brasil, o presidente executivo da Abac, Paulo Roberto Rossi, prevê expansão ainda maior, por conta da flexibilização concedida pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (CCFGTS).

A Resolução do Conselho, publicada no Diário Oficial da União (DOU) do último dia 03 (setembro), determina que o consorciado contemplado poderá sacar o saldo vinculado ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para amortizar ou liquidar as suas prestações. Por se tratar de autofinanciamento, as prestações do sistema de consórcio, imobiliário ou de qualquer outra natureza, são isentas de juros.

O uso do saldo na conta do FGTS para consórcio imobiliário é condicionado àqueles que não possuem casa própria no município onde residem; e que não sejam titulares de financiamentos em curso, pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), independente da localização do imóvel. Também, o saque só é concedido para imóvel residencial urbano já adquirido, com a utilização da carta de crédito; e localizado na cidade onde o consorciado reside ou trabalha há mais de um ano.

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto