Consórcios fecham 2010 com crescimento de 30,8%

Por 1consórcio
Publicado em: 23/02/2011

O sistema de consórcios brasileiro fechou o ano de 2010 com crescimento de 30,8% em relação a 2009, com o total de R$ 63,2 bilhões negociados, de acordo com dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac) divulgados hoje (15) em São Paulo.

As novas adesões tiveram crescimento de 8,2% e passaram de 1,96 milhão de cotas em 2009 para 2,12 milhões em 2010. As contemplações - quando o associado pode adquirir o bem - ficaram em 980 mil em 2010, 4,4% a mais do que os 939 mil de 2009. De acordo com a Abac, o número de participantes em todos os segmentos cresceu 6,8%, passando de 3,8 milhões em 2009 para 4 milhões em 2010.

Segundo o presidente executivo da Abac, Paulo Roberto Rossi, as projeções eram de crescimento entre 6% a 8% nas novas vendas. A evolução do setor em 2010, segundo ele, se deve ao cenário econômico favorável, à maior presença das classes C e D, segurança no emprego e aumento da renda.

“As pessoas estão planejando melhor seus investimentos. O brasileiro entendeu que o consórcio é um bem para o futuro. Por conta disso, o crescimento em 2011 deve ser de 7% ou 8%”.

O segmento de veículos automotores teve acréscimo de 9,7% nas cotas vendidas, sendo que o de motocicletas registrou elevação de 1,7%, veículos leves 29,8%, veículos pesados (tratores, caminhões, ônibus, implementos) 11,4%.

No segmento de imóveis o crescimento foi de 8,8%. Já nos eletroeletrônicos houve queda de 11,5%. Em serviços, que completam dois anos de existência, o aumento foi de 96,9%. A inadimplência ficou entre 3,2% e 3,3%, considerando os contemplados.

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto