Consórcios, vendas de novas cotas podem chegar a dois milhões

Por 1consórcio
Publicado em: 15/01/2010

Sem pagar juros, brasileiros vêm usando o consórcio como poupança para formar patrimônio

A adesão de novos consorciados a grupos de veículos automotores, imóveis, eletroeletrônicos e serviços pode atingir dois milhões em 2009. A projeção feita pela assessoria econômica da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC) está baseada nos dados levantados até novembro, quando o volume somou 1,83 milhão.

“Só em onze meses, superamos o acumulado de 2008, do mesmo período, em 13,1%, quando eram 1,62 milhão”, afirma Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da entidade. “Havíamos projetado um crescimento entre 6% e 8%, face à crise internacional do último quadrimestre de 2008. Porém, o brasileiro, focado no desejo de comprar um bem ou serviço dentro do seu orçamento, analisou os vários mecanismos de parcelamento e optou, em maior número, pelo Sistema de Consórcios”, completa.

O total de participantes cresceu 5,5%, subindo de 3,6 milhões, em novembro de 2008, para 3,8 milhões no mesmo mês de 2009. O acumulado geral de contemplações apontou 859,4 mil consorciados (jan-nov/2009), 16,2% mais que as 739,5 mil (jan-nov/2008) de um ano antes.

Rossi explica que “os consórcios são a melhor forma de poupar com objetivo definido, fato que tem feito do Sistema a alternativa para formar patrimônio, disciplinar os investimentos e obter vantagens no momento da aquisição do bem ou do serviço. Tudo sem pagar juros e parcelando integralmente o valor desejado”. Para o presidente da ABAC, “a projeção de crescimento de vendas para 2010 está estimada em 10%”.

MAIS 16% NAS VENDAS DE NOVAS COTAS DE VEÍCULOS AUTOMOTORES

Entre janeiro e novembro de 2009, as vendas de novas cotas de veículos automotores registraram alta de 15,8%. Saltaram de 1,33 milhão (jan-nov/2008) para 1,54 milhão, recentemente.

Os estudos da assessoria econômica da ABAC mostraram ainda que as contemplações, acumuladas nos onze primeiros meses do último ano, somaram 754 mil (jan-nov), 20,5% mais que as anteriores 625,9 mil (jannov/2008).

Os participantes ativos totalizaram 3,17 milhões, em novembro último, 7,2% mais que os 2,96 milhões no mesmo mês de 2008. Em todo o Sistema de Consórcios há mais de 3,8 milhões de consorciados em grupos de veículos automotores, imóveis, bens móveis duráveis e serviços.

AUTÓMÓVEIS E UTILITÁRIOS, ALTA SUPERIOR A 40% NAS VENDAS

Com crescimento de 44,7% nas vendas de novas cotas, os consórcios de automóveis e utilitários subiram de 306,9 mil, no período de janeiro a novembro de 2008, para 443,9 mil, nos onze meses do ano passado. Para o presidente da ABAC, “esse aumento mostrou que os incentivos são importantes para comercialização dos veículos. Contudo, se o parcelamento da compra for feito sem juros, a compra fica ainda melhor. Só no Sistema de Consórcios, isso é possível”.

Segundo estudos da assessoria econômica da ABAC, os participantes superaram 953 mil, em novembro passado, 10,9% mais que os 859,4 mil registrados naquele mês de 2008.

Com ligeira baixa (1,5%), entre janeiro e novembro do último ano em relação aos mesmos meses de 2008. Estiveram entre 171,3 mil (2009) e 168,8 mil(2008).

Em todo o Sistema de Consórcios há mais de 3,8 milhões de consorciados em grupos de veículos automotores, imóveis, bens móveis duráveis e serviços.

MOTOS, CONTEMPLAÇÕES CRESCEM MAIS DE 30%

Com presença de duas motos em cada cinco vendidas entre janeiro e novembro do ano passado, os consórcios de motocicletas e motonetas chegou a 562,9 mil contemplações, 30,4% mais que as 431,7 mil (jan-nov) contabilizadas em 2008.

A venda de novas cotas de motos superou a marca de um milhão. Foram comercializadas 1,05 milhão, nos primeiros onze meses do ano, 8,6% mais que as anteriores 969,1 mil (jan-nov/2008). O número de participantes ativos nos grupos desse setor chegou aos 2,06 milhões em novembro último, 6,0% mais que o 1,94 milhão, do mesmo mês de 2008.

Em todo o Sistema de Consórcios há mais de 3,8 milhões de consorciados em grupos de veículos automotores, imóveis, bens móveis duráveis e serviços.

RECUPERAÇÃO NOS PESADOS, AUMENTA O NÚMERO DE CONSORCIADOS

Medida também pelo transporte, a recuperação da economia do ano passado mostrou uma reversão nos resultados dos consórcios de pesados. O número de consorciados ativos cresceu 2,0%. Em novembro último, chegou aos 163,0 mil, enquanto um ano antes eram 159,9 mil.

Ainda aquém de anos anteriores, as novas adesões em 2009 totalizaram 40,3 mil (jan-nov), menor em 21,4% que as 51,25 mil (jan-nov) de 2008.

Nos estudos realizados pela assessoria econômica da ABAC, também o volume de contemplações, de janeiro a novembro, apontou baixa. Foram 22,3 mil (2009), 2,5% menos que as 22,8 mil (jan-nov/2008) anteriores.

Em todo o Sistema de Consórcios há mais de 3,8 milhões de consorciados em grupos de veículos automotores, imóveis, bens móveis duráveis e serviços.

MAIS DE 60 MIL CONTEMPLADOS NO CONSÓRCIO DE IMÓVEIS

Ao crescer 13,3% nas contemplações, momentos em que são possíveis as aquisições dos imóveis, os acumulados dos onze primeiros meses chegaram a 62,3 mil em 2009 contra 55 mil em 2008.

Por se tratar da alternativa mais econômica disponível para o brasileiro realizar o sonho da casa própria, o consórcio de imóveis vem apresentando crescimento constante nos últimos anos. Segundo Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da ABAC, “os consórcios proporcionam a aquisição da casa própria com parcelamento integral, sem juros, com parcelas adequadas ao bolso do comprador. A economia realizada torna o sistema um tipo de poupança com objetivo determinado e um formador de patrimônio pessoal ou familiar”.

O volume de participantes ativos passou dos 533,7 mil, em novembro do ano passado, 3,9% maior que os 513,5 mil do mesmo mês de um ano antes.

A comercialização de novas vendas de cotas chegou a 184,6 mil (jannov/2009), um pouco abaixo (2,4%) das 189,2 mil (jan-nov/2008) registradas antes nos estudos feitos pela assessoria econômica da ABAC.

No Sistema de Consórcios, que inclui todos os tipos de bens (veículos automotores, imóveis, bens móveis duráveis e serviços), há mais de 3,8 milhões de consorciados.

ALTA NAS VENDAS PUXAM OS CONSÓRCIOS DE ELETROELETRÔNICOS

O aumento nas vendas de cotas de eletroeletrônicos e outros bens móveis continuou puxando os números do setor. As novas adesões cresceram 6,0% subindo de 104,6 mil (jan-nov/2008) para 110,9 mil (jan-nov/2009).

Mesmo com mais vendas, os estudos da assessoria econômica da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC) relataram uma retração nas contemplações em razão da diminuição de novas entradas ocorridas em anos passados. Com baixa de 26,5%, o acumulado desceu de 58,5 mil (jannov/2008) para 43,0 mil (jan-nov/2009). Também o total de participantes recuou. Baixou de 130,0 mil consorciados, apontados em novembro do ano passado, para 94,9 mil, no mesmo mês de 2008, uma queda de 27%.

No Sistema de Consórcios, que inclui todos os tipos de bens (veículos automotores, imóveis, bens móveis duráveis e serviços), há mais de 3,8 milhões de consorciados.

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto