Mercado Imobiliário: Creci-SP lança índice de preços de imóveis residenciais usados

Mercado Imobiliário: Creci-SP lança índice de preços de imóveis residenciais usados

Por 1consórcio
Publicado em: 02/12/2010

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP) anunciou nesta quinta-feira a primeira edição do Índice Estadual de Preços de Imóveis Usados Residenciais (IEPI-UR), que reúne a média de preços de imóveis usados e alugueis residenciais no Estado. Em sua estreia, o índice informou declínio de 2,12% em setembro em relação ao mês anterior.

O cálculo é resultado da média de 4.589 preços de imóveis vendidos e alugados nos meses de agosto e setembro em 37 cidades do Estado, incluindo a Capital.

Em setembro, a venda de imóveis usados apresentou queda de 1,32% no Estado de São Paulo em relação ao mês anterior, conforme pesquisa realizada pelo Creci-SP com 1.765 imobiliárias de 37 cidades, incluindo a Capital. O índice estadual de vendas recuou de 0,7435 em agosto para 0,7337 em setembro.

A queda de vendas ocorreu em três das quatro regiões em que é feita a pesquisa Creci-SP - nas cidades do A, B, C, D, Guarulhos e Osasco (-13,3%), no Interior (-5,78%) e no Litoral (-0,86%). Na Capital, porém, foi apurado avanço de 19,71%.

Os imóveis com valor de até R$ 160 mil responderam por 57,46% das vendas no Litoral e 51,68% no Interior. Na região do A, B, C, D, Guarulhos e Osasco, os imóveis de até R$ 200 mil representaram 51,27% do total negociado pelas imobiliárias. Já na capital a maior parte das vendas, 54,01%, ficou com imóveis acima de R$ 200 mil.

A venda feita à vista liderou as negociações em duas das quatro regiões do Estado: na Capital (44,06%) e no Litoral (56,04%).

Na mesma base de comparação, o índice de locação de imóveis residenciais no Estado caiu 11,57%, passando de 2,0681 para 1,8289. No período foram alugados 3.228 imóveis, sendo a maioria casas (58,12%). As imobiliárias receberam de volta 1.655 imóveis, o equivalente a 51,27% do total de novas locações. O saldo mensal foi negativo em três das quatro regiões que compõem a pesquisa.

Por região, na Capital foi apurada queda de 15,2% no índice; no Interior, de 6,91%; e nas cidades do A, B, C, D, Guarulhos e Osasco, de 24,06%. Apenas no Litoral foi registrada alta de 12,3% no número de imóveis alugados em relação a agosto.

 

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto