"Minha Casa Minha Vida" aproxima cidadão da casa própria

Desde que o programa “Minha Casa Minha Vida” foi lançado pelo Governo, as pessoas têm a possibilidade de adquirir seu próprio imóvel.

Por 1consórcio
Publicado em: 02/12/2009

O sonho de conquistar a casa própria está cada vez mais próximo do cidadão comum. Desde que o programa “Minha Casa Minha Vida” foi lançado pelo Governo, por meio da Caixa Econômica Federal, as pessoas das mais diversificadas classes sociais podem adquirir seu próprio imóvel fazendo financiamento.
 
O estado de Mato Grosso do Sul foi destaque no Brasil neste ano em liberação de créditos para o financiamento para a casa própria. Até o mês de novembro foram emprestados pela Caixa Econômica Federal R$ 192.448.148,57, o equivalente a 44% de investimentos liberados.
 
Em Três Lagoas o valor emprestado até novembro é de R$ 15 milhões, quase o dobro comparado ao ano de 2008, quando os empréstimos atingiram R$ 8 milhões.
 
De acordo com o gerente geral da agência da Caixa Econômica de Três Lagoas Paulo Silas de Castro, a procura de pessoas que gostariam de financiar a construção da casa própria é quase quatro vezes maior em relação ao ano passado. O gerente acredita que o avanço na procura deve-se ao aquecimento de mercado que acontece em Três Lagoas. A cidade cresce em ritmo acelerado e muitas pessoas vêm de mudança e optam por morar em casa própria.
 
Outro fator que provoca o aumento da demanda de financiamentos para a aquisição da casa própria em Três Lagoas é o valor de aluguel de imóveis que aumenta consideravelmente na cidade que se teve após a chegada de grandes empresas. “Geralmente as pessoas preferem morar e pagar por algo que é seu, pois o dinheiro investido no aluguel nunca volta”, explicou o gerente da Caixa Paulo.
 
O programa “Minha Casa Minha Vida” visa atender todas as classes sociais e principalmente diminuir o déficit habitacional existente no Brasil.
 
REFLEXOS
 
De acordo com o gerente geral da Caixa Econômica Federal Paulo Silas de Castro, o programa além de oferecer oportunidade às pessoas que querem construir sua casa própria, reflete no mercado de trabalho gerando empregos. Geralmente na hora de construir uma casa é necessário gerar pelo menos três empregos diretos, mas ainda há os indiretos.
 
Outro setor que aquece durante as obras é o da construção civil, já que é necessário comprar materiais para construção e também à contratação de mão de obra especializada, como por exemplo, a de engenharia civil e arquitetura. “A cidade (Três Lagoas) também é beneficiada com o programa ‘Minha Casa Minha Vida’”, explicou o gerente.

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto