Uso do FGTS no Consórcio Imobiliário

O saldo do FGTS pode ser usado de diversas formas. Confira!

Por 1consórcio
Publicado em: 08/04/2010 | Atualizado em: 22/05/2018

A Caixa Econômica Federal informou que desde 31 de março o saldo do FGTS pode ser usado  para amortizar, liquidar ou pagar parte das prestações de consórcios imobiliários.

Antes, o uso do FGTS era permitido somente para ofertar lance e complementar o valor da carta de crédito para adquirir imóvel de maior valor, ou seja, se você possui um consórcio cuja carta de crédito é de R$30.000,00 e quer adquirir um imóvel no valor de R$ 40.000,00, poderá sacar R$ 10.000,00 do FGTS como complemento.

Segundo a Caixa, o novo serviço estará disponível apenas para quem já foi contemplado com a carta de crédito do consórcio e tenha adquirido o imóvel, que deve ser residencial urbano. Tanto o imóvel como a cota do consórcio devem estar no mesmo nome do titular da conta vinculada no FGTS.

Entre as regras para usar os recursos, o valor avaliado para o imóvel, na data da aquisição, deve respeitar o limite de R$ 500 mil, estabelecido pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

Também, o imóvel deve estar no mesmo local onde o beneficiado exerce sua ocupação principal ou reside há mais de um ano. O trabalhador não pode ser proprietário de outro imóvel nesse local, assim como não pode ter financiamento ativo no SFH.

Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto