Viagem: Ouro Preto

Por 1consórcio
Publicado em: 22/07/2010

O título de Patrimônio Histórico da Humanidade não foi concedido por acaso a Ouro Preto. A cidade abriga o maior conjunto arquitetônico do barroco brasileiro, preservando jóias como as igrejas de São Francisco de Assis, considerada o ícone do estilo no país e obra-prima de Aleijadinho; e de Nossa Senhora do Pilar, ornamentada com mais de 400 quilos de ouro. Em meio às ladeiras de paralelepípedo que recortam toda a antiga Vila Rica, estão ainda chafarizes, capelas, museus e um belo casario colonial que guardam e contam histórias dos séculos XVII e XVIII, épocas da pujança das minas e da Inconfidência Mineira.

Durante o dia, o programa é desvendar altares e imagens, garimpar peças nos antiquários e feiras de artesanato em pedra-sabão, bater perna pelas lojas e cafeterias. Para tal, não esqueça dos sapatos confortáveis, que também são bem-vindos para curtir a noite, que acontece nos bares e, nos finais de semana, nas festas que agitam as repúblicas de estudantes. São mais de 200 moradias abrigando os cerca de cinco mil alunos da Universidade Federal de Ouro Preto.

Na Semana Santa o movimento também é grande. Muita gente vem de longe para conferir a beleza das procissões e dos tapetes de flores e serragens que colorem ruas e ladeiras. Para fugir do burburinho, as opções são embarcar na antiga maria-fumaça que leva à vizinha Mariana; ou seguir para o Pico do Itacolomi, protegido em um parque estadual com 75 quilômetros quadrados repletos de mirantes naturais.

Como chegar:

De avião
O aeroporto mais próximo fica em Belo Horizonte, a 107 quilômetros.

De carro
O acesso é feito pelas rodovias BR-040 (quem vem de Belo Horizonte deve seguir em direção ao Rio de Janeiro) e BR-356(Rodovia dos Inconfidentes).

De ônibus
Há sempre ônibus partindo de diversas cidades do país em direção a Ouro Preto.


Faça uma Simulação

Você pode adquirir casa, carro ou moto pagando parcelas mensais sem juros.

Ver Planos

O que deseja?

Consórcio de Imóveis Escolha o Produto